Com uma mulher, o governo inicia “faxina” nas reitorias das universidades federais